Publicado em

Transtornos de ANSIEDADE – Como identificar e controlar

Tempo de Leitura: 7 minutos

Transtornos de ansiedade, estão se tornando cada vez mais comuns, e calcula-se que mais de 40% da população mundial sofra de algum problema relacionado a ansiedade, e 1 a cada 3 pessoas necessita de algum acompanhamento para derrotar esse mal, atualmente conhecido como o Mal do século XXI. Em uma sociedade voltada ao consumo e o acúmulo de riquezas, onde as relações interpessoais se tornam cada vez mais distantes e a pressão é um fator constante na vida das pessoas, surge uma nova mazela dentro da complexidade humana, a ansiedade em excesso.

Não se contaminar pela ansiedade coletiva e vencê-la são grandes desafios, porque exigem um enorme esforço pessoal e constante. Precisamos ficar atentos porque o século 21 é um período de transformações rápidas e profundas, que exigem um poder de adequação muito grande, o que pode causar grandes frustrações profissionais e pessoais, que acarretam em grandes inseguranças e ansiedades recorrentes.

Quais são os sintomas da Ansiedade?

Os sintomas de ansiedade podem se manifestar a nível físico, como a sensação de aperto no peito e tremores ou a nível emocional como a presença de pensamentos negativos, preocupação ou medo, e, geralmente, surgem vários sintomas ao mesmo tempo. Estes podem levar o individuo a ser incapaz de realizar as tarefas do dia-a-dia, pois, entra em pânico e, por isso, é importante aprender a controlar e, se possível, tratar a ansiedade, sendo em alguns casos necessário ir no psiquiatra e no psicólogo.

A intensidade da ansiedade piora durante momentos de estresse e, em geral, está associada a conflitos psicológicos relacionados à insegurança e a atitudes autocríticas. Veja uma lista com os diferentes sintomas, e saiba que pessoas que sofrem de algum distúrbio de ansiedade, sentem mais de um desses sintomas simultaneamente.

Sintomas Físicos Sintomas Psicológicos
Enjoo e vômitos Agitação e balanço das pernas e dos braços
Tontura ou sensação de desmaio Nervosismo
Falta de ar ou respiração ofegante Dificuldade de concentração
Dor ou aperto no peito e palpitações no coração Preocupação
Dor de barriga, podendo ter diarreia Medo constante
Roer as unhas, sentir tremores e falar muito rápido Sensação de que algo ruim vai acontecer
Tensão muscular, causando dor nas costas Descontrole sobre os próprios pensamentos
Irritabilidade e dificuldade para dormir Preocupação exagerada em relação à realidade

Principais causas de ansiedade

A ansiedade pode ser provocada por qualquer motivo, pois depende da importância que o individuo dá a uma determinada situação e pode surgir em adultos ou crianças. Porém, a ansiedade aguda e o estresse são mais comuns em situações, como a insegurança do 1º dia de trabalho, casamento, problemas familiares ou compromissos financeiros, por exemplo, e é importante identificar a causa, para conseguir tratar, para não se tornar uma ansiedade crônica.

Além disso, em algumas situações o uso excessivo de redes sociais, e a comunicação impessoal também podem ser responsáveis por causar ansiedade, tristeza e mal estar. Desta forma, se 3 ou mais dos sintomas físicos ou emocionais estiverem presentes quase que diariamente nos últimos 6 meses, é importante consultar um psiquiatra e/ou psicólogo para avaliar e indicar o melhor tratamento, pois você pode estar sofrendo de um quadro chamado transtorno de ansiedade generalizada.

Crise de Ansiedade

A crise de ansiedade é um momento em que a sensação de angustia e insegurança aumentam de forma a deixar o indivíduo descontrolado com a sensação de que alguma desgraça deverá acontecer com ele ou com as pessoas importantes para ele. Quando uma crise de ansiedade se instala o que se pode fazer é tentar organizar os pensamentos rapidamente e evitar pensar no pior para impedir que uma crise de pânico se instale.

Sintomas de uma crise de ansiedade

Os sintomas de uma crise de ansiedade são: Falar muito rápido, atropelando as próprias palavras; Batimento cardíaco acelerado; Suor frio; Dor de cabeça; Tensão muscular; Tremores; Ondas de calor; Náuseas; Boca seca; Irritabilidade; Impulsividade; Pupilas dilatadas; Tremores; entre outros.

Se estes sintomas ocorrem devido ao aumento do hormônio adrenalina na corrente sanguínea, que é algo normal. Porém, quando o indivíduo enfrenta estes sintomas de maneira constante, o indivíduo pode estar sofrendo de uma ansiedade generalizada que deve ser tratada adequadamente com sessões de psicanálise e, por vezes, toma de medicamentos para acalmar.

Medidas para controlar a ansiedade

Diferentes pessoas tem reações diversas e diferentes para o controle da ansiedade, da mesma maneira, existem diferentes níveis de ansiedade que demandam tratamentos mais severos e o acompanhamento por parte de psicólogos e psiquiatras, mais, para níveis menores de ansiedade e para uma manutenção de uma vida saudável, indicamos algumas soluções caseiras, que são totalmente fitoterápicas e sem nenhuma contra indicação, e que podem ser também coadjuvantes nos tratamentos receitados.

O tratamento para crise de ansiedade depende da gravidade e da constâncias dos sintomas gerados. Se eles dificultarem a vida do indivíduo ou dos que estão à sua volta, é aconselhado buscar ajuda médica, pois este distúrbio pode ser tratado com diversos tipos de terapias como acupuntura, sessões de auto ajuda, de auto conhecimento e, em alguns casos, o médico poderá indicar a toma de medicamentos por um certo período de tempo.

Saber como combater a ansiedade é tão importante quanto saber evitar a sua ocorrência, por isso uma boa dica é anotar todos os fatores que podem desencadear uma crise de ansiedade e tentar evitá-las ao máximo. É indicado realizar uma boa avaliação do ritmo de vida, estudos, trabalho, família e então adotar um novo estilo de vida, optando por situações menos estressantes, que certamente causarão menos ansiedade.

Remédios naturais e Fitoterapia

Algumas frutas e verduras possuem propriedades que ajudam no combate natural da ansiedade, são eles o MARACUJÁ, a VALERIANA, o ALFACE, a CAMOMILA e outras formas muito eficazes de melhorar e controlar a ansiedade é BANHOS MORNOS, e MASSAGENS TERAPÊUTICAS.

Portanto, incluir em sua dieta estes alimentos vai fazer uma enorme diferença no seu controle e também na sua qualidade de vida.

Tomar diariamente um suco de laranja com maracujá, vai trazer enormes benefícios, primeiro a laranja possui vitamina C que melhora a disposição, e diminui os níveis de cortisol, que é um hormônio responsável pelo stress; já o maracujá possui ação calmante, que vai auxiliar você no controle dos sintomas da ansiedade.

Praticar atividades físicas leves, como a Caminhada, Ciclismo, Natação, a Yoga ou atividades que ajudem no controle da respiração como a meditação, ou mesmo algumas artes marciais pois possuem grandes técnicas de relaxamento e de concentração, como o Karatê. Praticar esportes e atividades físicas regularmente, ajuda-o a se manter focado nos seus objetivos e a diminuir os efeitos causadores da ansiedade.

Efeitos negativos da Ansiedade no corpo

A ansiedade engorda, pois quando um indivíduo fica ansioso há liberação do hormônio cortisol que aumenta o acumulo de gordura na barriga e diminui a massa muscular. Além disso, a toma de ansiolíticos pode engordar assim como o aumento do consumo de alimentos doces ou muito calóricos, que são os prediletos de quem sofre de ansiedade.

7 Dicas que vão ajudar no combate da ansiedade

  1. Mude sua atitude em relação ao problema. Tente informar-se sobre o que está causando a ansiedade.
  2. Respeite suas limitações e, quando for preciso, peça ajuda.
  3. Respire fundo e calmamente. Feche os olhos, imagine-se numa praia e imagine um mar com ondas cada vez mais lentas.
  4. Mantenha pensamentos positivos e evite situações que remetam a pensamentos negativos ou autodestrutivos.
  5. Valorize e viva o presente. Se a ansiedade é causada pelo passado, nada poderá ser feito para mudá-lo e, se for relacionada ao futuro, poderá te impedir de viver o presente.
  6. Identifique o que causa ansiedade ou tristeza e mantenha-os longe.
  7. Dedique-se a alguma atividade no tempo presente e mantenha sua mente focada neste objetivo, evite distrações e, principalmente, as situações que podem causar ansiedade.

Outras técnicas para controle de ansiedade.

AROMATERAPIA: é uma forma simples de ajuda a acalmar a ansiedade sem efeitos colaterais. Na aromaterapia são utilizados óleos essenciais que têm as propriedades terapêuticas dos aromas de plantas, frutos, flores e raízes. O aroma dos os óleos essenciais alcança as células olfativas estimulando diferentes áreas no cérebro e, por isso, ajuda a diminuir a ansiedade. Os óleos essenciais com propriedades que ajudam a combater a ansiedade são: Valeriana, Alfazema, Camomila, Erva-cidreira, Manjerona, Lavanda. Para diminuir a ansiedade, pode-se usar apenas um desses óleos essenciais ou vários ao mesmo tempo.

ACUPUNTURA: é uma modalidade terapêutica milenar que utiliza agulhas, moxas e outros instrumentos para liberar substâncias químicas no organismo com efeito analgésico e/ou anti-inflamatório e assim, aliviar dor e outros sintomas decorrentes de determinadas doenças. Por meio dela é possível tratamento e cura de diversas doenças dos sistemas muscular, esquelético, respiratório, neurológico, além de auxiliar no tratamento da obesidade, da depressão e do estresse e também de algumas afecções dermatológicas.

Comentários